O SINTTEL-RS participou, no início de setembro, dias 3 e 4, da 16ª Plenária Estadual da CUT-RS, realizada de forma virtual. Participaram representando o Sindicato como delegados e delegadas os diretores Adriana Moraes da Silva; Alexsander Ferreira Avaly; Carla Roberta Vega Souza; Claude de Castro Adamoli; Cristiano Furtado Correa; Gilnei Porto Azambuja; Júlio César de Melo Ferraz; Mariza Machado Souza; Raquel Serpa Marques; e Tânia Marisa Alves Trindade.

A plenária iniciou com exibição de vídeos de saudações dos movimentos sociais, centrais sindicais, de políticos do Partido dos(as) Trabalhadores(as), como o deputado estadual Edegar Pretto, Senador Paulo Paim, ex-governador Tarso Genro e do ex-presidente Lula.

No total, participaram da plenária 220 delegados(as), 50 convidados(as) e observadores(as). Durante a programação do primeiro dia do encontro foram realizados debates e a avaliação da conjuntura política e democrática.

No segundo dia de debates (04), os trabalhos tiveram continuidade com as apresentações de vídeos com saudações do Grupo de Diálogo Inter-Religioso de Porto Alegre, representados pelo padre Edson Thomassim (Edinho), pela pastora evangélica luterana Cibele Kuss e pelo babalaorixá do povo de terreiro, Baba Diba de Iyemonja. Na sequência foi debatido um plano de lutas que reforça as atuais mobilizações para derrotar o governo Bolsonaro e suas políticas de morte, as lutas contra as privatizações, contra o desmontes dos serviços públicos e a entrega da soberania nacional.

O dirigente nacional do MST, João Paulo Rodrigues, apresentou uma análise da conjuntura política atual e apontou os principais desafios que a classe trabalhadora e os movimentos sociais irão enfrentar, sempre enfatizando a importância da unicidade de ações e a intensificação das lutas em derrotar Bolsonaro e suas políticas de retrocessos.

O secretário de Organização e Política Sindical da CUT-RS, Claudir Nespolo, apresentou as principais estratégias organizativas e destacou a organização do Sindicato dos Motoristas de Aplicativos (Simtrapli-RS). O secretário de Administração e Finanças da CUT-RS, Antônio Gunzel, enfatizou a continuidade do trabalho em trazer de volta entidades que se afastaram da Central Única dos(as) Trabalhadores(as). O secretário de Comunicação da CUT-RS, Ademir Wiederkehr, destacou o lançamento do mutirão das Brigadas Digitais no aniversário de 38 anos da CUT. Mais um importante projeto de comunicação digital e formação política sindical, com a finalidade de ampliar a divulgação das lutas, mobilizações, compartilhar informações com a população, combater as fake news e ganhar os corações e mentes para a defesa dos direitos e da democracia como um trabalho do dia a dia.

O professor Marcelo Kunrath Silva, do Departamento de Sociologia da UFRGS, fez uma exposição sobre a importância do projeto "CUT com a Comunidade", uma iniciativa construída logo no início da pandemia de Coronavírus (Covid-19). O projeto visa levar solidariedade para as famílias em situação de vulnerabilidade social nas periferias de Porto Alegre, seja com doação de cestas básicas, campanha do agasalho, apoio solidário e organizando a luta por direitos. Este projeto conta com o apoio de vários sindicatos de diversos ramos profissionais, incluindo o SINTTEL-RS, federações sindicais, cooperativa financeira Cresol, entre outras.

Um documentário com depoimentos de lideranças comunitárias e de famílias beneficiadas com o projeto CUT com a Comunidade foi produzido pela jornalista Carolina Lima, da secretaria de Comunicação da CUT-RS e exibido aos(as) delegados(as) durante a Plenária.

O presidente do SINTTEL-RS, Gilnei Porto Azambuja, destacou a alegria da entidade em participar deste projeto, o que deixa a categoria orgulhosa em apoiar e ajudar o próximo.

Ao final, foram eleitos os 28 delegados(as), com suplentes, para representar o Rio Grande do Sul na 16ª Plenária Nacional da CUT, denominada “João Felício e Kjeld Jakobsen” como homenagem a dois ex-presidentes recentemente falecidos, que também será realizada de forma virtual.

Assessoria de Comunicação

12/09/2021 16:27:58

A choradeira das empresas de telecomunicações que se vê nas mesas de negociações, não corresponde aos indicadores do setor, que apontam crescimento em todos os aspectos.

Um estudo do DIEESE divulgado em agosto apontou que os empregos no setor, por exemplo, vêm crescendo desde janeiro. Entre janeiro e junho de 2021, o saldo do emprego com carteira no setor de telecomunicações foi positivo, com 15.765 novos postos de trabalho. O segmento atingiu quase 261 mil vínculos celetistas, uma alta de 6,4% em relação ao começo do ano.

Os serviços de comunicação multimídia apresentaram crescimento de 10.196 vínculos, seguidos pelos provedores de acesso às redes de comunicações, com 4.254. Em todos os estados, o vínculo celetista cresceu no setor, em 2021, principalmente nas regiões Norte e Nordeste.

Em termos percentuais, no Piauí, o aumento chegou a 18%, enquanto em números absolutos, em São Paulo, houve acréscimo de 3.373 postos de trabalho no setor em 2021.A formalização do trabalho no segmento chega a 84% dos trabalhadores no país.

Para o SINTTEL-RS, este é um resultado a ser comemorado e, certamente, reflete o desempenho e o crescimento na demanda. Importante lembrar que durante toda a pandemia, os serviços de telecomunicações foram considerados essenciais e não pararam nem mesmo nos momentos de bandeira preta no Estado. Por isso, é fundamental que as empresas levem este crescimento em conta, não só contratando mais, o que é necessário frente ao crescimento dos serviços, mas também valorizando os trabalhadores, que são quem tem assegurado o atendimento da demanda. 

Assessoria de Comunicação

27/08/2021 15:13:43

logo fitratelp 3 f01CUTA

Rua Washington Luiz, 572 - Centro, Cep 90010-460 Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

O novo horário de atendimento é das 10h às 16h15.

Este horário é emergencial, devido a pandemia.

Estamos à disposição dos trabalhadores, caso necessitem de informações ou qualquer outra questão, podem enviar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou por telefone, pelo número (51) 3286.9600.

Atenciosamente,

Direção SINTTEL-RS