Com o diploma na mão e a alegria estampada no rosto, os formandos da primeira turma de Técnico em Telecomunicações do SENAI participaram, na noite da terça-feira (9), de cerimônia de formatura realizada no auditório do Senai, em Porto Alegre.

Mas não só eles, nos aplausos e manifestações da plateia, formada por familiares, amigos, dirigentes sindicais e empresários, pode ser constatada a importância e o significado da iniciativa do SINTTEL-RS de garantir, em acordo coletivo, bolsa de estudos e parceria com o SENAI para que os trabalhadores telefônicos pudessem realizar o sonho de uma formação técnica.

Nesta primeira turma, foram contemplados cerca de 60 trabalhadores da Serede. Mas a iniciativa, conforme informou o presidente do Sindicato, Gilnei Porto Azambuja, já se espraia para outras empresas e novas vagas serão disponibilizadas para outras turmas.

“DESISTIR NÃO ERA UMA OPÇÃO”

formatura 1

A cerimônia iniciou com o discurso dos alunos, que, de forma emocionada, depois de um curso de dois anos que acabou sendo feito em quatro, em função da interrupção na pandemia, reconheceram que o que parecia quase impossível acabou se concretizando. “Pensamos que seria fácil, mas veio a pandemia e fomos obrigados a parar. Alguns adoeceram, outros perderam parentes queridos, perderam empregos e o curso se tornou uma missão quase impossível. Mas decidimos traçar a rota e ir até o final. Desistir não era uma opção”, declararam.

Ainda em sua fala, os dois formandos, que falaram em nome de todos, deixaram um recado para que os que vêm a seguir: “Encontramos a profissão que amávamos. Não se acomode, e se ainda não encontrou seu objetivo, continue procurando”. Ao final, agradeceram a pais, mães, esposas/os, filhos/as, professores e todos que os apoiaram nesta caminhada.

CADA ROSTO É UMA INSPIRAÇÃO

formatura 2

Em sua fala, o paraninfo da Turma, o diretor da Serede, Augusto Rocha Neves, destacou as dificuldades enfrentadas por cada um e cada uma até aquele momento, inclusive uma pandemia, seguramente a primeira da atual geração, e destacou: “Cada rosto inspira a este momento”. Falando aos formandos, acrescentou, ainda, que a qualificação, o conhecimento, é o maior patrimônio de cada um e que a iniciativa é um exemplo que deve ser ampliado no RS e em outros estados.

SONHO QUE SE SONHA JUNTO, É REALIDADE

Convidado a compor a mesa e falar representando o SINTTEL-RS, o presidente da entidade, Gilnei Porto Azambuja, lembrou que naquele momento quem deveria estar ali era o diretor do Sindicato e do Instituto Avançar, Flávio Leonardo Silveira Rodrigues, que não pode estar presente por motivos de saúde. No entanto, e como forma de homenagear quem, disse ele, tanto se empenhou para realizar este objetivo, chamou o filho do dirigente, presente entre os formandos, para compartilhar a leitura das palavras a serem dirigidas aos alunos.

formatura_3.jpg

Suas primeiras palavras foram de agradecimentos a todas e todos os formandos, trabalhadores e ex-trabalhadores na Serede, que com muito empenho e força de vontade, dedicaram anos após seu turno de trabalho para fazer o curso. “Vocês levaram a sério esta oportunidade de poder fazer um curso técnico com meia-bolsa, que o Sindicato conseguiu negociar como uma das cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho com a Serede, e hoje estão mais qualificados para o mercado de trabalho, com este curso concluído”. Acrescentou que todos reconhecem este esforço dos/as trabalhadores/as, “que na sua maioria, saiam de uma jornada externa na rede, e no final do expediente enchiam o estacionamento, com veículos de trabalho, ainda com a escada, em cima do veículo”, pontuou.

No discurso, também foi destacada a postura dos envolvidos, que conseguiram superar obstáculos e priorizar a negociação, aproximando trabalhadores, sindicato, empresa e diretores e professores do Senai. “Parabéns a todos, que nos unimos para vencer preconceitos e criamos este projeto de tanto sucesso, numa ação conjunta entre os trabalhadores, as Empresas, o Sindicato e o Senai, com a participação do Instituto Avançar, buscando um mesmo objetivo. Neste momento de dificuldades imensas no Brasil, ousamos. Enfrentamos a COVID, e mostramos que nossas diferenças de ponto de vista, não precisam nos fazer inimigos, mas podem ser superadas, desde que o projeto criado seja bom para todos os segmentos envolvidos”.

Por fim deu as boas novas, de que empresas como a Radiante, CETP e Sinos, além da Serede e outras que chegam ao estado, como a Telemont, Unifique e Vero, poderão ampliar este convênio. Também que o SENAI já está com a montagem de uma unidade móvel, para viabilizar cursos em todas as cidades do interior, além de estar sendo preparado um novo convênio de graduação, para que os alunos formados nos cursos técnicos, possam ter descontos especiais para aderirem ao curso de graduação, focado no setor de telecomunicações.  

“Agradeço a todos vocês, que ajudaram a viabilizar este Projeto, e me atrevo a lembrar uma frase do escritor Paulo Coelho, que tenho trazido como um mantra: “Um sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só. Mas sonho que se sonha junto, é realidade. E muitos ousaram e sonharam juntos e hoje estamos todos de PARÁBENS!”, concluiu.formatura 5

Ao final da leitura da mensagem, em suas próprias palavras, o presidente do SINTTEL-RS lembrou que a questão do ensino é estatutária para o Sindicato e iniciativas começaram a ser viabilizadas a partir de 2012, com a criação do Instituto Avançar. “Estudem, isso ninguém tira de vocês”, acrescentou.

Gilnei também se referiu ao diretor Itamar Prestes Russo, presente à cerimônia, que foi pioneiro nas tecnologias na antiga CRT e que agora via turmas se formando já chegando a tecnologia 5G da telefonia celular. Por fim, destacou as três únicas alunas mulheres da turma de 60 integrantes. “Que vocês sejam um espelho para outras mulheres”, frisou ele.

NESSA PARCERIA, TODOS GANHAM

Último a se pronunciar, o Diretor do Centro de Formação Profissional do SENAI, Fabiano Prato Rath, destacou que nessa parceria, todos ganham. Lembrou que cerca de 87% dos formados pela instituição encontram espaço no mercado de trabalho. Neste sentido, disse, é importante continuar estudando e os formandos do Curso Técnico têm aproveitamentos de algumas disciplinas para os cursos de graduação em Tecnólogos e ainda podem seguir, fazendo pós-graduação, tudo no SENAI.

formatura 4

Ao final entregou uma caneta alusiva aos 80 anos do SENAI aos representantes da empresa e do Sindicato, simbolizando a possibilidade de que sejam assinados novos contratos, com vistas a promover a educação numa instituição que está sempre à frente em tecnologia.

Terminada as falas, a alegria contida enquanto durou a cerimônia, pode ser exposta, com abraços entre formandos, familiares, amigos, professores, dirigentes, empresários, todos comemorando uma vitória que não pode ser descrita em palavras, mas que todos reconhecem a importância. Dois dirigentes sindicais do SINTTEL-RS estavam entre os formandos: Augusto Retamal Neto e Júlio César de Melo Ferraz. A eles, e a todos os trabalhadores que se formaram, os sinceros parabéns do Sindicato.

Juntos, somos mais fortes, sempre!

Assessoria de Comunicação

10/08/2022 16:09:35

O SINTTEL-RS está convidando a categoria telefônica para participar, nesta quinta-feira, dia 11 de agosto, do ATO EM DEFESA DA DEMOCRACIA, DO SISTEMA ELEITORAL BRASILEIROS E POR ELEIÇÕES LIVRES. A atividade integra o Dia Nacional de Mobilização convocado por movimentos estudantis, centrais sindicais, movimentos populares e entidades da sociedade civil em resposta à escalada golpista do presidente Jair Bolsonaro (PL). O dia 11 de agosto marca o dia do estudante e é também uma data histórica da luta estudantil, assinalando a fundação da União Nacional dos Estudantes (UNE).

A concentração terá início a partir das 8h, em frente ao Colégio Estadual Júlio de Castilhos, mais conhecido como Julinho, no bairro Azenha. Depois os manifestantes sairão em marcha até o Campus Centro da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Às 11h, está prevista a leitura da “Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito”, que será feita em atos que acontecerão em todo o país. O texto elaborado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) já conta com mais de 800 mil assinaturas (clique aqui para assinar também).

OUTRAS AGENDAS

Dia 13/08 - A mobilização será protagonizada pelas mulheres. Centrais e movimentos sociais tomarão as ruas em todo o país em defesa da democracia e contra a fome, a miséria e a violência.

Dia 07/09 – Tradicional Grito do Excluídos, que está sendo organizado pelas pastorais sociais e movimentos populares com o apoio das centrais sindicais.

Assessoria de Comunicação

C/Informações da CUT-RS

Os dirigentes do SINTTEL-RS Flávio, Cleber e Adolfo participaram, na quinta-feira (4) da atividade de integração dos/as trabalhadores/as na Telemont.

Durante o evento, eles apresentaram o Sindicato, falaram sobre a história da entidade e do Instituto Avançar, sobre a importância da sindicalização e destacaram e esclareceram sobre algumas cláusulas do Acordo Coletivo.

Os dirigentes também frisaram a oportunidade que representam os cursos e convênios feitos através de parcerias do Sindicato, com objetivo de proporcionar formação e qualificação aos trabalhadores/as.

Ao final da apresentação, diversos trabalhadores entenderam a importância e as vantagens e se sindicalizaram.

O SINTTEL-RS lembra que um Sindicato só é forte e tem legitimidade frente às empresas, com a participação da categoria. Sindicalize-se, ajude a fortalecer a luta e aproveita as vantagens oferecidas em ser associado à entidade.

Assessoria de Comunicação

04/08/2022 15:14:35

Em assembleias presenciais realizadas dia 28 de julho em Guaíba, Flores da Cunha, Caxias do Sul e Taquari, os trabalhadores na Unifique aprovaram a proposta para fechamento do primeiro Acordo Coletivo de Trabalho 2022/2023 da empresa firmado com o SINTTEL-RS.

Foram 114 votos a favor, 46 contrários e houve, ainda, duas abstenções.

Lembrando que a Unifique comprou as Empresas GUAÍBA, NAJA e TKNET  e está em processo de incorporação da SYGO. A luta do Sindicato vem sendo para que todos os trabalhadores, independente da empresa de origem, tenham o mesmo tratamento.

Para a entidade, era importante, nivelar salários e benefícios entre os ex-trabalhadores das empresas adquiridas, estabelecer regras claras de jornada de trabalho e de escalas no fim de semana, pagamento de horas-extras, atendimento do plano de saúde, trabalho com práticas seguras e corrigir falhas de operação da empresa que possam estar afetando seus empregados. Também de definir regras claras para o pagamento da produção e PPR, bem como definir índice de correção dos salários e outras cláusulas econômicas do Acordo Coletivo, como valor do tíquete, auxílio-creche, entre outras.

A proposta aprova tem, entre os itens, o estabelecimento da data-base, piso salarial, reajuste de 7% no salário e nos tíquetes, cesta alimentação para sindicalizados, auxílio-creche, auxílio filho especial, convênio farmácia, PPR 2022, cursos, entre outros.

O Sindicato reitera a importância da sindicalização e da unidade dos trabalhadores para garantir os avanços e as conquistas para toda a categoria.

Assessoria de Comunicação

29/07/2022 19:28:56

logo fitratelp 3 f01CUTA