Sindicalização online

Em virtude da enchente estamos sem atendimento na Sede de Porto Alegre. Favor entrar em contato pelo telefone:      51 997 003 344

Crise Climática:


Governo federal anuncia liberação do Abono Salarial, FGTS e outros benefícios para os trabalhadores do RS
Atendendo em parte as reivindicações da CUT feitas em reunião no dia 6 de maio com o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, e entidades empresariais, o governo federal anunciou oficialmente, no último dia 9, uma série de medidas e investimentos para ajudar os trabalhadores e as trabalhadoras do Rio Grande do Sul que vêm sofrendo as graves consequências das enchentes que assolam o estado. Segundo Marinho, a ajuda direitamente aos trabalhadores do Rio Grande do Sul somam R$ 1,6 bilhões. Entre as medidas estão:
Abono Salarial: antecipação do cronograma de pagamento de abono salarial 2024, beneficiando 705 mil trabalhadores;
Seguro-Desemprego: liberação de 2 parcelas adicionais do seguro-desemprego para os desempregados que já estavam recebendo antes da decretação de calamidade, ao final da última parcela, beneficiando cerca de 140 mil trabalhadores formais desempregados no período de maio a outubro;
Imposto de Renda: prioridade no pagamento da restituição do IR para declarantes das cidades atingidas pelas enchentes do RS, beneficiando cerca de 1,6 milhão de declarantes;
Bolsa Família e Auxílio-Gás: liberação do calendário para pagamento dos programas Bolsa Família e Auxílio-Gás, antecipando os pagamentos do mês de maio, beneficiando 583 mil famílias;
Liberação do FGTS calamidade e a suspensão do pagamento do Fundo para os empresários.
No total, o governo federal já liberou para auxiliar o RS R$ 50,9 bilhões para ajuda à população, através de diversos programas.
Se precisar entrar em contato com o SINTTEL-RS, entre em contato pelo telefone (51) 99998.8507.
Assessoria de Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em virtude da enchente estamos sem atendimento na Sede de Porto Alegre.

Favor entrar em contato pelo telefone:

51 997 003 344