Assembleias aprovam reforma estatutária do SINTTEL-RS

Uma rodada de nove assembleias realizada entre os dias 3 e 7 de junho, aprovaram a reforma estatutária proposta pelo SINTTEL-RS, que autoriza o aumento da mensalidade sindical de 1% para 1,5%. Do total de participantes, uma ampla maioria aprovou a proposta. As assembleias aconteceram em todas as Delegacias e em Porto Alegre.

O objetivo da medida é contribuir para a recuperação das finanças da entidade, abaladas desde que os governo Temer e Bolsonardo elegeram os sindicatos como seus principais alvos, como claro objetivo de passar as reformas sem qualquer resistência.

Paralelo a isso, o Sindciato também vem desenvolvendo uma importante campanha de sindicalização, com objetivo de manter a atuação do Sindicato em defesa dos direitos dos trablahadores e manutenção dos Acordos Coletivos.  A campanha já conquistou mais de mil novos sindicalizados, com a criação de novos convênios, como o cartão de descontos e cursos de qualificação profissional para os sindicalizados, e ainda ampliando a base de representação da entidade, como o início da representação junto aos empregados de Empresas Provedoras de Internet, o que projeta aumentar o número de trabalhadores sindicalizados no SINTTELRS.

Confira abaixo, o exemplo de como ficará a contribuição:

Salário de R$ 1.000,00 – valor da antiga mensalidade (1%) = R$ 10,00

Salário de R$ 1.000,00 – valor da nova mensalidade (1,5%) = R$ 15,00

Se sindicalizando, além de participar da sustentação financeira da entidade e manutenção dos serviços e convênios disponibilizados inclusive aos dependentes, o trabalhador também participa do fortalecimento da luta de toda a categoria.

Em tempos de grandes ataques aos trabalhadores, como os advindos da reforma trabalhista, a teceirização ilimitada, a precarização das condições de trabalho e a reforma da previdência, a principal e mais consistente ferramenta de luta e de resistência é a organização dos trabalhadores através de seus sindiacitos que, não por acaso, vêm sendo fortemente atacado pelos governos e patrões. Sindicalize-se e participe da luta em defesa dos direitos dos trabalhadores.

Assessoria de Comunicação

17/06/2019 21:31:28

Rua Washington Luiz, 572 - Centro, Cep 90010-460 Porto Alegre, Rio Grande do Sul.