Benefícios da Fundação serão reajustados em 4,48%

O reajuste dos benefícios na Fundação Atlântico em janeiro deste ano será de 4,48%. Este mesmo reajuste será concedido para quem ganha mais de um salário mínimo no INSS. Já o reajuste para quem ganha um salário mínimo ficou abaixo da inflação, em 4,1%.

Este é o resultado da política desastrosa do governo Bolsonaro para o salário mínimo, que começa a mostrar seus efeitos. A divulgação do INPC acumulado em 2019, que ficou em 4,48%, evidenciou o que os brasileiros sentem no bolso: o salário mínimo ficou abaixo da inflação e, diferente da política que vinha sendo aplicada antes da alteração proposta pelos governos Temer/Bolsonaro, vem perdendo poder de compra.

Enquanto a inflação dos últimos 12 meses ficou em 4,48%, o salário mínimo foi reajuste a partir de 1º de janeiro por 4,1%. Se fosse aplicada a inflação, o valor seria de R$ 1.043,00 em vez dos R$ 1.039,00 atuais. Este é o segundo ano consecutivo que o reajuste do salário mínimo – que baliza tambem o reajuste dos benefícios assistenciais, previdenciários, além do abono salarial e do seguro-desemprego – fica abaixo da inflação e a tendência, se for mantida a atual política do governo, é de empurrar cada vez mais para baixo.

tabela inpc

Assessoria de Comunicação

10/01/2020 17:35:06

logo fitratelp 3 f01CUTA

A direção do SINTTEL-RS acompanha atentamente o avanço da pandemia de COVID-19, a doença causada pelo CORONAVÍRUS. Preocupada com os trabalhadores em telecomunicações e, também, com os do Sindicato, decidiu reduzir o horário de trabalho podendo ser reavaliado a qualquer instante, conforme evolução do estado de alerta.

O novo horário é das 10h às 16h15. Este horário é emergencial.

Reafirmamos que estamos à disposição dos trabalhadores e trabalhadoras e orientamos todos que, caso necessitem de informações ou qualquer outra questão, podem enviar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou por telefone, pelo número (51) 3286.9600.

Atenciosamente,

Direção SINTTEL-RS