SAIU NA IMPRENSA: Recuperação judicial da Oi prorrogada para março de 2022

O juiz da 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Fernando Viana, decidiu no começo de setembro prorrogar a Recuperação Judicial (RJ) da Oi. A decisão (clique aqui para acessar a íntegra) foi tomada porque o magistrado levou em conta que o processo de venda de ativos, especialmente a Oi Móvel para a Claro, TIM e Vivo, ainda precisa passar pelo crivo da Anatel. Por isso, acredita que ao adiar a RJ para 31 de março de 2022 daria segurança jurídica ao processo.

A previsão de que a RJ poderia se estender já havia sido aventada em janeiro deste ano, pela própria Oi. O prazo anterior para o encerramento do processo era o dia 4 de outubro, mas a própria operadora já previa que haveria extensão até pelo menos maio de 2022.

Na decisão de 2 de setembro, a gestão da empresa ressaltava que não se trata de esperar condições de mercado para o processo, mas de aguardar as decisões das autarquias. A prorrogação por conta da necessidade de finalização das alienações foi considerada de "caráter excepcional" e de "interesse coletivo na prestação de serviço essencial". 

Lembrou que há jurisprudência para a prorrogação de uma recuperação judicial, e que este é o maior processo do tipo da história do País. Também ressaltou que "os próprios credores concordam com o prolongamento". O juiz entendeu ainda que os credores extraconcursais não seriam prejudicados, já que a sistemática de pagamento dos créditos "vem sendo regularmente cumprida pelas devedoras". 

Diz o juiz que "a ultimação dos procedimentos de alienação das UPIs do gigantesco grupo econômico Oi/Telemar, submetido ao maior processo de recuperação de nossa história, por sua singularidade, especificidade, complexidade e importância, não pode ser efetivada sem a supervisão do Poder Judiciário, ainda mais por versar sobre companhia prestadora de serviço público essencial e estratégico para o país."

O Ministério Público e o Administrador Judicial concordaram, mas divergindo na data: 15 de dezembro próximo e 31 de maio de 2022, respectivamente. Afirmaram se deparar com incerteza do pronunciamento final do Cade sobre a alienação dos ativos mais importantes. 

Fonte: https://bit.ly/3Cz3W1n

21/09/2021 14:20:57

logo fitratelp 3 f01CUTA

Rua Washington Luiz, 572 - Centro, Cep 90010-460 Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

O novo horário de atendimento é das 10h às 16h15.

Este horário é emergencial, devido a pandemia.

Estamos à disposição dos trabalhadores, caso necessitem de informações ou qualquer outra questão, podem enviar email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou por telefone, pelo número (51) 3286.9600.

Atenciosamente,

Direção SINTTEL-RS